The Others (2001)

Grace (Nicole Kidman), tem criado sozinha os seus 2 filhos, após o seu marido ter partido para a guerra. Para piorar o drama da situação, as crianças sofrem de uma rara doença, que os impossibilita de serem expostos á luz solar ou a um qualquer tipo de luz forte. Grace criou então um regime estranho dentro da enorme mansão que o Marido comprou, como por exemplo não abrir nunca nenhuma porta sem a anterior estar fechada. Após os seus criados desaparecerem sem mais nem menos, outros 3 surgem e a partir daí muitas coisas estranhas começam a acontecer.

The Others (Os Outros), filme realizador por Aléjandro Amenábar (autor de Ágora e Mar Adentro), é uma fita de terror um pouco diferente das que ultimamente têm saído. O terror criado e o suspense, surgem derivado ao ambiente opressivo e claustrofóbico criado pelos planos filmados e pelo facto da acção se passar 90% do tempo na escuridão dos corredores e divisões da casa. Mas não só! O argumento é inteligente (avançando e tornando-se mais misterioso nos momentos certos) e, apesar da trama se desenrolar muito vagarosamente, nunca se torna cansativo nem aborrecido.

Nicole Kidman tem uma óptima actuação, assim como as duas crianças (principalmente a menina) e a banda sonora também é boa. Posso dizer, sem sombra de dúvida, que o filme apanhou-me de surpresa. Apesar de ser bem construído, bem ritmado e bem interpretado, o final é que torna tudo mais espectacular. E é o final, acredito, que irá apanhar muita boa gente de surpresa.

Vejam o filme até ao fim. Sei que nem todos irão apreciar o ritmo vagaroso (sem sangue, nem momentos muito intensos), mas tenho a certeza que no final irão ficar satisfeitos. Kudos para Amenábar!

8/10

10 thoughts on “The Others (2001)

  1. Um dos meus favoritos do “género” apesar de ser tão diferente do “género”. E a cena das fotografias? Ui, ainda me arrepio só de pensar nisso e já vi o filme hà muitos anos 😉 Extremamente recomendável

    CINE31

    Gostar

  2. sensacional, Nicole Kidman deu um show de interpretação, logo depois do fim de seu casamento com Tom Cruise, ela deixou de ser uma boa atriz mulher do astro, para se tornar um monstro sagrado do cinema, prova disso, é que na mesma época Os Outros, ela lançou Moulin Rouge, totalmente oposto, ao terror psicológico, maravilha!

    Gostar

  3. Esse é um grande filme e dos poucos onde verdadeiramente se gosta da prestação da Nicole Kidman. e sim o potente twist final é espantoso mesmo. Bem visto, este filme até que está em linha com o do Shyamalan, o The Sixth Sense… ambos poderosos no final.

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s