Don’t Breathe (2016)

dont-breathe

Talvez  Fede Alvarez quisesse traçar um paralelismo entre a cegueira do vilão e toda a escuridão da casa.

Não sei bem, mas suponho que poderia ter corrido melhor.

A verdade é que tanta escuridão só me trouxe frustração, uma vez que não conseguia ver porcaria nenhuma na maior parte do tempo.

Fora esse grande pormenor, sim, o filme tem momentos interessantes que fazem jus ao título do filme e atuações acima da média, mas no final de contas é apenas mais um filme genérico que não me vou lembrar daqui a umas semanas.

★★★

Autor: Ricardo JM Vieira

Tenho a mania das artes e acho que o sentido de humor é das melhores coisas inventadas pela humanidade. Eu, pelo menos, gostava de ter.

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s