Ant-Man (2015)

Ant-Man

Juro que vi em Ant-Man um bocadinho de Edgar Wright. Uma cena ali, um momento acolá… Mas deixando de lado a minha opinião sobre aquilo que o filme poderia ter sido e não foi, devo dizer que o resultado final não me desiludiu.

Sim, não é um supra sumo dos filmes de super-heróis, mas é bastante divertido, tem muito nonsense, um Paul Rudd bem carismático e uma Kate… aham, perdão, uma Evangeline Lilly bem intensa.

Penso que para um filme em que vemos pessoas a controlar formigas, não está nada mal. Era essencial que fosse um filme despretensioso e com humor e acho que isso foi conseguido.

É verdade que poderia ter sido melhor, mas é uma boa adição ao Universo da Marvel. E venha a continuação.

Autor: Ricardo JM Vieira

Tenho a mania das artes e acho que o sentido de humor é das melhores coisas inventadas pela humanidade. Eu, pelo menos, gostava de ter.

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s