Ex Machina (2015)

Ex Machina

Um indivíduo chamado Caleb, ganha uma competição para conhecer Nathan, o CEO de uma empresa que é uma mistura entre o Google e o Facebook. Quando lá chega, esse indivíduo fica a saber que irá fazer o teste de Turing a uma inteligência artificial, colocada num corpo com aparência humana, chamada Ava.

A experiência revela-se fascinante no início. Ali está ele, perante um conjunto de algoritmos e processamento, exprimidos através de uma aparência feminina, que fala e reaje e aprende; ali está ele, perante Nathan, um dos homens mais ricos e inteligentes e excêntrico do mundo; ali está Caleb sem saber muito bem como reagir perante tudo aquilo.

No entanto, as coisas começam a ficar cada vez mais perturbadoras à medida que Caleb vai interagindo com Ava e com Nathan. Algo não está bem. Nathan parece ser alguém que se isolou do mundo e isso tornou-o frio, distante, perdido no álcool. E Ava parece ser tão sensível… tão humana…

E o que faz ele ali? O que faz ele ali, na realidade?

Será Ava a primeira verdadeira inteligência artificial a passar o teste de Turing?

Um pequeno filme de ficção-científica bastante interessante, que marca a estreia na realização de Alex Garland.

Autor: Ricardo JM Vieira

Tenho a mania das artes e acho que o sentido de humor é das melhores coisas inventadas pela humanidade. Eu, pelo menos, gostava de ter.

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s