Gone Girl

David Fincher, é um daqueles realizadores que inspira confiança nos filmes que vai fazendo. Em toda a sua carreira, não há, por assim dizer, um filme mau. Sim, estou a incluir Alien 3, que apesar de não ser um portento, não o acho uma entrada que envergonhe a saga.

Sabia, à partida, que Gone Girl, muito provavelmente, não me iria desapontar.

E sabia que, à partida, iria existir alguma coisa que diferenciasse o filme.

O primeiro ato é bastante normal. Um thriller que parece não ter nada que o destaque. Claro que as boas atuações de Rosamund Pike e Ben Affleck, aliadas à realização segura de Fincher, não se vêm todos os dias. No entanto, estava a ser uma história normal, uma investigação de um caso de um desaparecimento.

Depois vem o twist e, com ele, o filme ganha uma nova perspectiva.

A inclusão do que é hoje em dia um caso mediático, com todo o julgamento em praça pública que isso acarreta, também dá um outro interesse ao filme.

A história acompanha um casal, Nick Dumme (Ben Affleck) e Amy Dunne (Rosamund Pike), aparentemente normal. Um certo dia, Nick chega a casa, e depara-se com o desaparecimento da sua mulher. O cenário em que encontrou uma das divisões, sugere rapto, ou homicídio. Onde estará Amy Dunne? E quem foi o responsável pelo seu desaparecimento

Confesso, apesar de tudo, que não esperava que este filme tivesse uma das psicopatas mais dementes que tenho memória de ver. Sei que algumas das ações que tomou são extremamente questionáveis, mas suponho que os psicopatas são capazes de orquestrar as coisas mais inacreditáveis.

Rosamund Pike está excelente, assim como Ben Affleck. Fincher bem na realização. Existem alguns momentos bastante fortes mas, um deles, é verdadeiramente arrepiante e perturbador. Esse momento acontece mais para o final do filme, e envolve uma cena de sexo bem sanguinária.

Gone Girl é mais uma adição segura à filmografia de Fincher. Não está à altura de Fight Club ou Se7en, mas é estimulante, negro e inteligente. Contudo, não é perfeito e poderia, perfeitamente, ser um pouco mais curto.

Leva a minha recomendação, o que, obviamente, significa que não irão perder o vosso tempo.

ps: não sou de conspirações, mas acho que o gato tem alguma na manga. Só o focinho dele é bastante suspeito.

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s