Fargo, a primeira temporada

FARGO -- Pictured: Billy Bob Thornton as Lorne Malvo -- CR: FX/Matthias Clamer

Vi esta série há bastante tempo, pelo que não me irei alongar muito neste comentário. Já não me lembro de todos os pormenores e, assim de cabeça, posso me equivocar.

De qualquer maneira, também é bom escrever passado algum tempo, pois assim podemos perceber melhor se realmente aquilo que assistimos, era um bom produto.

Ou, pelo menos, se era um produto que nos agradou. Porque, quem sou eu, para dizer o que é bom ou mau.

Eu gostei bastante da série. Aliás, esta e True Detective, foram as últimas séries novas que vi, e que gostei muito.

A série tem as suas ligações com o filme dos irmãos Coen e, como já tinha visto o filme, era inevitável que fosse fazendo algumas comparações. Também já conhecia a história, pelo que pensava que iria ser pouco surpreendido.

Mas enganei-me. A série é diferente do filme. Na essência é parecida. Tem o mesmo tipo de humor, personagens caricatas, paisagens parecidas (muita neve) e momentos quase iguais. No entanto tem particularidades diferentes que a tornam única e que a diferenciam.

Fargo 3

A história é bastante engraçada e, a momentos, muito bizarra. As personagens são inacreditáveis naquilo que fazem. As suas decisões são, a maior parte das vezes, bem idiotas. Não foram poucas as vezes que me perguntei “Como é que alguém faz aquilo?”.

Mas é sempre interessante de se acompanhar, pois queremos saber o que vai acontecer a seguir. Como é que fulano se vai safar, ou como é que fulano vai reagir e o que vai fazer depois.

O elenco foi, também, extremamente bem escolhido, e todos interpretam muito bem os seus papéis. O vilão destaca-se um pouco, pela sua personalidade forte e pouco normal. Na minha opinião, é claro.

E, para continuar por este caminho repleto de elogios, falta referir que a realização e a banda sonora também são muito boas. Gostei bastante do estilo musical utilizado, devo salientar.

Fargo é uma grande série. Gostei muito, e recomendo vivamente. Especialmente para quem gostar de histórias um bocado bizarras, com bastante humor e personagens bem fortes. É um bocado parada, por vezes, mas compensa muito com cenas e momentos excelentes.

A ver.

Fargo 2

Ps: Afinal, alonguei-me um bocadinho.🙂

imdb trailer

Autor: Ricardo JM Vieira

Tenho a mania das artes e acho que o sentido de humor é das melhores coisas inventadas pela humanidade. Eu, pelo menos, gostava de ter.

1 thought on “Fargo, a primeira temporada”

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s