A primeira impressão de Penny Dreadful

Penny Dreadful

Tenho vindo a acompanhar as novidades acerca desta nova série e, devo confessar, tinha algumas expectativas. Boas expectativas. Na verdade, quase tudo que envolva terror e mistério consegue cativar-me.

E, sempre que vejo algo de novo, faço um apontamento mental: “Tenho que ver isto“.

No entanto, alguns produtos conseguem ainda criar mais entusiasmo. Penny Dreadful é um deles. E porquê?

John Logan (argumentista de Gladiator, The Aviator, Hugo, Skyfall), Sam Mendes (realizador de American Beauty, Revolutionary Road, Skyfall), J.A. Bayona (realizador de The Orphanage), Eva Green e Timothy Dalton.

Penny Dreadful 2

Estes cinco nomes foram suficientes para que o tal apontamento mental fosse, na realidade, um favorito mental.

Josh Hartnett, possivelmente uma das caras mais conhecidas do público em geral, também faz parte do elenco mas, pessoalmente, não me aquece nem arrefece. Dos filmes que vi com ele, nunca me pareceu um ator de gabarito. Não o acho terrível também. Passa-me ao lado.

De qualquer maneira, Penny Dreadful, tem nomes envolvidos que inspiram alguma segurança.

A estreia ocorre dia 11 de Maio, mas o canal onde a série vai ser exibida (Showtime), decidiu colocar online aqui há dias, o primeiro episódio. Boa!

O problema é que, num dos sites onde estava disponível e onde ia ver o episódio, surgiu-me a bela mensagem que o episódio não estava disponível para ser visto em Portugal. Bonito serviço.

Penny Dreadful 3

Felizmente, existe malta porreira na Internet. E essa malta porreira colocou no mercado paralelo o episódio para download. Fuck You very much, bloqueios por região.

Penny Dreadful tem como inspiração um tipo de publicação Inglês do século 19 onde, ao longo de várias semanas, eram contadas histórias de ficção com toques sobrenaturais. Cada uma das publicações custava um penny (um centavo). A título de curiosidade, Sweeney Todd, que deu origem a adaptação de Tim Burton, foi um penny dreadful!

A série irá passar-se na época vitoriana de Inglaterra, mais propriamente em Londres, e terá elementos de terror e sobrenatural, misturados num thriller psicossexual (segundo os produtores). Nela iremos encontrar várias personagens conhecidas, como Frankenstein, Conde Drácula ou Dorian Grey.

Tudo muito interessante, mas a verdade é que o primeiro episódio, Night Work, não me satisfez por completo.

Penny Dreadful 4

Apesar de ter alguns momentos bons e, no geral, o ambiente ser interessante, contém demasiados lugares comuns. Não gostei nada dos simbolismos religiosos (a cruz invertida então) e dos diálogos a roçar o básico (nem todos, atenção). Não fiquei também particularmente surpreendido ou agradado com as criaturas.

Não sei, esperava algo mais cativante. Algo que diferenciasse a série do que já se faz, e bem, no género.

Não estou a dizer que foi um episódio previsível, ou aborrecido. Não. Mas pouca coisa me fez ficar esperançado numa série que se demarque das outras todas.

De qualquer maneira, existiram alguns momentos que me intrigaram. Especialmente o final que é uma reinterpretação do Frankenstein. Gostei imenso dos atores e da intensidade que deram á cena.

Penny Dreadful 5

No final dos 50 minutos, fiquei um bocado desiludido. Mas é um primeiro episódio. Ainda é cedo para desistir e quero perceber até que ponto tudo o que foi apresentado em Night Work se vai encaixar e expandir. No final de contas, depois de se analisar bem a coisa, existe ali potencial.

A ver vamos.

Autor: Ricardo JM Vieira

Tenho a mania das artes e acho que o sentido de humor é das melhores coisas inventadas pela humanidade. Eu, pelo menos, gostava de ter.

2 thoughts on “A primeira impressão de Penny Dreadful”

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s