Triangle (2009)

Triangle

Triangle é um trhiller de terror que saiu em 2009 e que veio pelas mão de Christopher Smith.

A história gira em torno de um grupo de pessoas que decidem dar um passeio de iate. No meio da viagem, são surpreendidos por uma misteriosa tempestade elétrica.

A tempestade acaba por deixá-los á deriva, e o passeio começa a parecer um autêntico pesadelo. Até que um navio passa perto deles! Yupi, estamos salvos! Pensem melhor, pois o navio esconde mistérios bem trágicos…

Tenho que admitir que Triangle entreteve-me bastante bem. A história, apesar da sinopse genérica que dei, é diferente da maioria dos filmes.

Não me vou alongar muito acerca da ”diferença“, pois para se poder apreciar Triangle, convém que se saiba o menos possível acerca dele. E tentem não ver o trailer também…

Mas acreditem que o filme vai conseguir, em alguns momentos, impressionar. Estejam atentos desde o início, pois tornar-se-á muito mais interessante reparar em certos pormenores. Aliás, uma segunda visualização certamente que ajudará a entender melhor o que raio se passou ( se bem que acho que se percebe bem á primeira ).

No entanto, o filme tem buracos. E um deles é enorme! Quem for perspicaz, perceberá de qual estou a falar. No final de contas, parece que acaba por sofrer do síndrome chico-espertismo. Com isto quero dizer, que parece querer fazer-se mais inteligente do que realmente é.

Mesmo assim, estamos perante um bom trabalho.

É um história inteligente ( ainda por cima com terror á mistura ), cheia de reviravoltas inesperadas, que conseguirá manter-vos curiosos para saber como raio irá acabar. A realização complementa muitíssimo bem essa inteligência, pois não torna tudo demasiado confuso, mantendo na mesma um certo nível de destaque.

Triangle foi uma boa surpresa e acho que merece o vosso tempo. Mesmo que não sejam fãs de histórias de terror.

Jess: Oh you’re just having a bad dream, that’s all baby. That’s all it was. Bad dreams make you think you’re seeing things that you haven’t. You know what I do when I have a bad dream? I close my eyes and I think of something nice – like being here with you.

imdb trailer

7/10

4 Comments

  1. Adorei o filme. Aliás, vendo uma segunda vez supera ainda mais o enorme prazer que é ver este mindfuck movie. A Melissa George esteve sempre excelente!
    É um filme que pede para se voltar a ver desde o inicio… um loop interminável!
    8/10 Muito Bom

    Gostar

      1. Penso que a perda de memória faz parte da maldição e dá-se quando adormece no iate… ficando apenas vestigios de algo. E por isso tem os tais déjá vu…
        E a melhor explicação é dada pela cultura de uma das personagens, que refere alguém que interminávelmente subia uma montanha…

        Gostar

Deixe um Comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s