Alguém me consegue ouvir?
Alguém me consegue ouvir?

A solidão é tramada. Todos nós passamos por ela em algum ponto da nossa vida.

E, apesar de, por vezes, essa solidão poder ser benéfica, na maior parte das vezes é algo que nos prejudica profundamente.

Como disse, e muito bem, Christopher McCandless no seu livro:

Happiness only real when shared (a felicidade é apenas real, quando partilhada).

Esta é a incrível história da Baleia mais sozinha no mundo. A baleia que, desde 1992 (não sei se já morreu), ”canta“ a música da solidão sem que ninguém da sua espécie a consiga ouvir.

Ela é diferente de todas as outras baleias. Não tem amigos, nem família. Não pertence a nenhum grupo, nem nunca teve nenhum parceiro.

Desde 1992 que cientistas a seguem, descobrindo que, como as outras baleias, ”canta“ entre 2 a 6 vezes sem parar e que cada ”canção“ dura entre 5 a 6 segundos. O problema é que a voz desta baleia é diferente. É única, num modo que a torna extremamente solitária.

Enquanto que as restantes da sua espécie comunicam entre si entre as frequências 12 até 25 hz, ela ”canta“ em 52hz.

Estão a perceber? Ninguém a ouve!

Todas as suas tentativas, desesperadas, em comunicar, permanecem sem resposta. A sua ”música“ ignorada.

Imaginem a frustração e desespero deste mamífero. A nadar na vastidão do oceano, ”cantando“ para ninguém, durante anos e anos.

A solidão pode-nos levar ao mais profundo dos abismos, mas é importante que não percamos a esperança. É importante que, e á semelhança desta baleia, sejamos persistentes, e que continuemos a ”cantar“. Talvez um dia, alguém ouça a nossa voz.

One thought on “A solidão, na vastidão do oceano

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s