Transformers: Dark of the Moon (2011)

Michael Bay tinha prometido que o sucessor do medíocre Transformers: Revenge of the Fallen, seria bem melhor e que seria inovador na forma como apresentaria o polémico formato 3D. Aliás, Bay até disse que o Transformers: Revenge of the Fallen tinha sido uma bela merda.

Marketing á parte, o realizador prometeu muito, mas entregou pouco aqui á malta. O novo filme do franchise – que terá forçosamente nova sequela, pois rendeu quase tanto dinheiro como o buraco nas contas da Madeira -, sofre do síndrome do “mais” que dá em “menos”.

Mais barulho, mais acção, mais movimentos de câmara esquizofrénicos, mais transformers desnecessários, mais parvoíce, mais, mais, mais. Como diria o nosso caro amigo Nilton, «Aqui tudo é á grande»! O problema é que isso, por si só, não melhora o filme!

Aliás, apesar de tanto barulho metálico, o filme é muito aborrecido!

O início até é bastante interessante, mas rapidamente tudo se torna mecanizado e sem “chama”. E a confusão, meus amigos? Aquela confusão que se instala com as batalhas entre os Transformers, em que nem se percebe quem é Autobot e Decepticon.

Existem gritantes falhas em criar laços com as personagens. Optimus Prime aparece pouco, Megatron é retratado aqui como um vilão rídiculo, Sam Witwicky aparece em demasia mas sem cativar muito, Carly é uma desculpa para mostrar o corpo. Enfim. O único transformer que cativa, e isto desde o primeiro, é o Bumblebee!

Um destaque final positivo, para os efeitos especiais que continuam excelentes.

Se me perguntarem se vale a pena ver esta trilogia, direi que vejam o primeiro e que fujam dos outros 2. Medíocre.

6 thoughts on “Transformers: Dark of the Moon (2011)

  1. Superou o Transformers2 mas mesmo assim não significa que é grande filme, tal como o é o Transformers 1.
    O grande defeito do Bay é ser excessivo quando não deveria ser porque o Tf3 tem um bom inicio e ate um interessante final mas pelo meio… por vezes nem sabia o que estava a acontecer. Gostei muito da Rosie e só isso perdoa o Bay de outras falhas ou mau uso do elenco.

    Gostar

  2. achei este filme melhor do que estava à espera! Aqui reparei num Bay mais contido! Já não há tanto aqueles movimentos de câmara esquizofrénicos, as cenas de acção são mais contidas! creio que aprendeu com os erros da bosta do 2º filme. Só um grande senão: quando se tem Malkovich no elenco temos de o aproveitar! O personagem dele quase que era dispensável!

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s