TRON: Legacy (2010)

Como já li em diversos sítios, este filme deve ser a sequela que demorou mais tempo a ver a luz do dia. Mais precisamente, 28 anos! TRON: Legacy, continua, portanto, os eventos passados em TRON. Devo dizer que não vi o original. Aliás, nem conhecia o filme. Mas penso que a Disney merece crédito, pois ressuscitou um conceito que pode vir a dar mais frutos no futuro.

Muito se falou acerca dos efeitos especiais e a verdade é que eles são absolutamente fantásticos! O mundo de TRON é um regalo para a vista. Hipnotizante, na verdadeira ascensão da palavra. Seria perfeito, não fosse o Jeff Bridges digital. A personagem está boa, mas não tem “alma”. Ainda não somos capazes ( e talvez nunca o seremos), de criar em CGI todas as emoções e imperfeições de um rosto humano. No entanto, é admirável o que já conseguimos fazer.

A acompanhar um visual de luxo, temos uma banda sonora de luxo. Os Daft Punk orquestraram algo de verdadeiramente brutal. O mais curioso é que, quem não estiver muito atento, provavelmente nem dará conta da sincronia perfeita entre ela e o resto do filme. Um trabalho fantástico dos franceses, sem dúvida alguma.

Tivesse o argumento acompanhado o luxo da parte sonora e da parte visual, e TRON: Legacy seria, sem qualquer tipo de dúvida, um dos melhores do ano. O problema é que não acompanhou. A história não é original, e nem que fosse. Não existe equilibrio e as personagens não têm muita “dimensão”. Olivia Wilde, por exemplo, fez um bom trabalho com o que lhe foi dado, mas fica a sensação que a perosnagem dela poderia ter sido nuito mais explorada. O pior mesmo, são as quebra de ritmo. Algumas partes chegam a ser quase monótonas.

Outra das apostas arriscadas da Disney, para além de “desenterrar” uma mitologia com um nicho de fãs específico e ter investido muitos milhões na produção, foi ter contratado um realizar sem experiência. Nunca se saberá, se um outro realizador, com mais currículo pelo menos, teria feito melhor. Contudo, a estreia de Kosinski foi auspiciosa e bastante segura. Esperemos para ver o que mais irá fazer.

Um último destaque para Jeff Bridges que traz mais qualidade sempre que entra em cena. O verdadeiro, claro.

É um bom filme. Um pouco longo demais, ou melhor, um pouco desequilibrado em termos argumentativos, mas que compensa com os seus extraordinários efeitos especiais, e a sua espectacular banda sonora.

imdb trailer

7/10

2 thoughts on “TRON: Legacy (2010)

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s