Skyline (2010)

I hate L.A.

Skyline, o mais recente “pior filme do ano/década”, conta a história de uma invasão alienigena que surge sem aviso. Os alienigenas utilizam, primeiramente, uma forte luz azul para hipnotizar os humanos e posteriormente serem absorvidos por enormes naves espaciais. Quando o método da luz não funciona, utilizam força bruta que vai desde tiros, até bestas gigantescas a semearem o caos em Los Angeles, a cidade onde se passa a acção do filme.

A parte supra em que digo pior filme do ano/década foi uma ironia. Apesar de o filme ser de facto algo fraco, com bastantes erros e momentos estúpidos, está longe de merecer o tsunami de críticas super negativas que tem sido alvo. Não consigo compreender como podem dar classificações de 0 ou de 1/2/3.  Poderei estar enganado (as críticas são sempre opiniões pessoais), obviamente, mas acho tremendamente exagerado.O filme tem pontos positivos, especialmente nos efeitos-especiais!

Skyline é uma espécie de mistura entre War of The Worlds e Independence Day e apesar de nunca atingir o nível de qualidade destes, consegue manter um nível razoável de entretenimento. O facto de acompanharmos a história do ponto de vista de pessoas normais que nem sequer conseguem sair para muito longe do seu apartamento, torna tudo bem mais interessante de se ver. E a história, com o seu quê de intrigante, conseguiu manter-me interessado até ao fim. Muito mais que certos filmes que vi recentemente.

O que não gostei mesmo foi aquele final. Teriam optado por terem acabado quando o actor-principal caía decapitado e seria melhor. Ou então, quando o cérebro dele era inserido na cabeça do extra-terrestre. Porque, no final de contas, Skyline mostrou uma invasão em que não teríamos grandes hipóteses. E depois vir com aquela cena pseudo-lamechas, não me caiu muito bem.

O destaque vai todo para os efeitos especiais que são são bem agradáveis. Ainda para mais quando a acção se passa, na sua maioria, em plena luz do dia. Assim não se usou o artifício da escuridão da noite para esconder problemas nos efeitos. Os actores cumprem, mas nunca passam do razoável. A banda sonora também não se destaca.

É um filme fraco, a momentos parvo, mas longe de ser horripilante. Não aconselho uma ida ao cinema, mas vejam em DVD. Julguem por vos próprios.

imdb trailer

5/10

3 thoughts on “Skyline (2010)

  1. Totalmente de acordo com a review a Skyline, uma amostra de saber ver em contexto e com tolerância cinéfila. Tens sido interessantemente coerente. Esta review, em suma, é até semelhante à minha visão deste filme, que é fraco sim senhor… mas que me conquistou simpatia… e, compreendendo-o, acabei por “gostar” de “Skyline”.
    Não deixa de ser um filme fraco (argumento e actuações, são gritantes) apesar de ter uma intrigante premissa (que me fez seguir interessado até ao fim para saber no que iria dar) e de ter um twist final muito curioso (apesar da patetice).
    Well done, Ricardo!

    Gostar

  2. É horrivel!
    Acabei de assistir, e cara, o filme não tem história!
    Não conta PORQUE os aliens foram parar ali, como, com qual objetivo…
    Não conta o porque dos personagens… achei bem idiota. :X

    Porém concordo com vc, os efeitos são incriveis e só.
    Será esse uma indicação para o Framboesa de Ouro deste ano?

    Ótimo post, Ricardo.
    Té mais. 🙂

    Gostar

    1. Olá Marlon.

      Não acho que a invasão tenha que ter, necessariamente, explicação. Contudo a história tem várias falhas, sim.

      Poderá ser um candidato aos razzies. Teremos que esperar para ver.

      Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s