Inception (2010)

inception-original

Uma combinação rara entre um argumento inteligente e original, visuais espectaculares, boas actuações (de um elenco extremamente bem escolhido em que os actores secundários dão um suporte muito bom aos principais)e  excelente banda sonora de Hans Zimmer. Nolan não consegue fazer um filme mau e este Inception (muito á semelhança de Memento) dá logo vontade de rever.

É complexo e não é, pois o fio geral acompanha-se bem, mas existem demasiados pormenores que elevam tudo a outro patamar. Quem não gostar de filmes que exigem atenção do espectador, bem podem passar ao lado. A verdade é que raramente temos vontade de tirar os olhos do grande ecrã, pois o ritmo é sempre bastante intenso. E existem na fita algumas sequências de acção simplesmente espectaculares, imaginativas e visualmente estonteantes.

Cobb, interpretado por Leonardo DiCaprio, é um ladrão poderoso que rouba segredos guardados nas mentes das pessoas, durante os seus sonhos. Contudo essa sua profissão trouxe-lhe desgostos, e actualmente, Cobb, é um fugitivo sem poder ver os seus filhos. Até que um certo dia, é-lhe oferecida a possibilidade de limpar o seu cadastro e assim poder estar com os filhos. Para isso, Cobb, terá que juntar a melhor equipa possível e, ao contrário do costume que seria roubar, eles todos terão que implantar uma idéia nova na mente de alguém…

Inception confirma que Nolan é um dos melhores realizadores actualmente a trabalhar em Hollywood e um dos poucos que consegue contar uma história de uma forma viciante e estruturada. O melhor que tudo é que trata a audiência com inteligência!  Um sério candidadto aos óscares para melhor realizador, argumento original e efeitos especiais. Recomendo-o vivamente. (Continuem a ler para verem os diferentes níveis de Inception.)

Trailer

9/10

  • Imagem retirado do blogue Close Up (link na imagem)
  • poderão ver também um glossário de alguns termos aqui.

Respostas de 19 a “Inception (2010)”

  1. […] espécie de mistura entre The Matrix e Inception, que embora não sendo tão bom, conseguiu […]

    Gostar

  2. […] 2014. O homem que trouxe Batman de volta para a vida e já me deu experiências fantásticas como Inception, Memento ou The Prestige, desta vez vai apostar num filme que irá levar a audiência até á […]

    Gostar

  3. […] E agora faltava aqui o Di Caprio e o Watanabe e parecia que estava a falar da sequela de Inception. […]

    Gostar

  4. […] que realizou, entre outros, 300 e Watchmen; Christopher Nolan, como produtor (The Dark Knight, Inception, Memento, Insomnia, The Prestige); David Goyer e Nolan como argumentistas! ; Russel Crowe, Kevin […]

    Gostar

  5. […] como seria “programar” o seu filme favorito. Deve ter pensado: deve ficar altamente o Inception, ou o 2012, ou o The Fountain em linguagem de programação. E como eu, deve existir imensa gente […]

    Gostar

  6. […] primeiro, provavelmente, dispensa apresentações, uma vez que devido aos mega-sucessos Inception e The Dark Knight, a sua popularidade é extremamente […]

    Gostar

  7. […] a somar a, e vou referir aqueles que já falei aqui no tasco, Memento, The Dark Knight, Insomnia e Inception. Excelente! Agora, como prometi, vou citar os 3 passos de um truque de magia: Every great magic […]

    Gostar

  8. […] também The Dark Knight, Memento e Inception do mesmo […]

    Gostar

  9. Tendo a concordar contigo, subscrevendo-te integralmente. Só tenho pena que os secundários, ainda que num suporte claro a DiCaprio, não tenham tridimensionalidade.
    4*

    Roberto Simões
    CINEROAD

    Gostar

  10. […] obrigado) durante o último mês e pico na sondagem Qual é o melhor do ano?, o melhor foi mesmo o Inception (também levou o meu voto) de Christopher Nolan. E a diferença foi enorme, pois o segundo lugar […]

    Gostar

  11. Eu gostei muito do Inception e da forma como Nolan explora o universo onírico, mas gostava que ainda tivesse sido mais ousado nos cenários criados.
    Há filmes muito bons que exploram os sonhos e esse universo “paralelo” muito bem, pelo que esperava um pouco mais. Mas é, sem dúvida, um filme espectacular!

    Gostar

  12. O último kick do filme que é no limbo,é quando cobb e saito estão conversando e o saito pega a arma na mesa e assim fica entendido que ele mata cobb e depois se mata,onde depois eles acordam no avião.
    Para mim no final continua sendo um sonho,pois alem do piãozinho não cair,quando cobb volta pra casa os filhos deles ainda estão pequenos e com a mesma roupa e se você prestar atenção ele disse no início do filme que queria voltar para casa porque fazia muuito tempo que não via os filhos,como também quem pega ele no aeroporto nos EUA foi o pai dele que estava com a mesma roupa de quando ele o encontrou antes em uma faculdade na França.
    O filme é genial..abraços

    Gostar

  13. A tua crítica vai de encontro à minha e à da maior parte que se tem visto por aí, apesar de já ter notado que é um filme que não admite grandes “meio-termos” – ou se gosta bastante, ou se fica bastante desiludido.

    Sobre o que dizes de os actores secundários suportarem bem os principais, concordo, e acho até que, tendo sido o DiCaprio e o Lewitt os que estiveram melhor, este último foi a grande estrela.

    Gostar

  14. Fui ver ontem o filme.
    E só digo: GENIAL!!!
    Adorei! Empolgante! E mais… sobre um tema que me fascina: sonhos

    Quanto ao final… acho que poderá ser um filme a ter continuidade… aquele pino no final não se viu a cair… e fica a dúvida: será que ele estava no mundo real (pino cai) ou no sonho (pino é “perfeito” e nunca cai)?

    Fica a minha “dúvida”…

    Gostar

  15. Joemorales, A verdade é que bons filmes exigem sempre que o espectador tenha atenção redobrada e, na maior parte dos casos, o faça ver pelo menos uma segunda vez com todo o gosto.

    Não conheço o filme, mas se existe uma tabela de explicação é certamente algo atractivo para os mais entusiasta no mundo do cinema! Esses, são os que pela qualidade vêm duas e três vezes um bom filme. Os outros, que não se interessam destes pormenores, normalmente gostam de qualquer filme, e, aliás, dão preferência a filmes “de ser ver”, que normalmente são intitulados de fracos.

    Esta é a minha opinião sobre filmes complexos.

    Abraço 😉

    Gostar

  16. Se tratasse a audiência com inteligência não tinha que explicar em todas as tramas do filme os passos do mesmo.

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s