Solomon Kane (2009)

Solomon Kane (James Purefoy) vive apenas em busca de tesouros e guerras. A sua sede de sangue, implacável até para com os seus homens, leva-o até a um misterioso castelo onde se depara com o Ceifeiro do Demónio que, a mando dele, vem reclamar a alma de Kane. Contudo, Kane escapa, mas atemorizado, decide mudar a sua vida, e torna-se num home de paz. Até um dia, pois Kane terá que enfrentar o seu passado e arcar com as consequências.

O filme, que abriu o Fantasporto deste ano, tem uns 45 minutos iniciais bastante interessantes. O pior é que após esses minutos, o filme perde consistência e afunda-se em clichés e monotonia. James Purefoy dá vida a um protagonista extremamente carismático e é graças a ele, com a sua boa interpretação, que os minutos finais se tornam suportáveis. O argumento é mesma a grande falha do filme, pois torna-se desiquilibrado e falha em aproveitar uma mitologia e uma personagem ainda mais. Muito mais, aliás.

Tecnicamente, tudo está muito bem. A banda sonora é excelente, épica e emocionante. A fotografia e a caracterização muito boas. O realizador Michael J. Bassett, por vezes dá-nos momentos espectaculares de um dramatismo assaz intenso, mas rapidamente volta a uma monotonia gritante e acaba por cair em fórmulas repetidas imensas vezes.

Solomon Kane, como entretenimento não deve ser desprezado. É um pouco desiquilibrado em termos argumentativos, mas contém momentos interessantes e um primeiro acto bastante agradável. Indicado para quem gostar de filmes cheios de fantasia, monstros e ambientes medievais.

6/10

Respostas de 4 a “Solomon Kane (2009)”

  1. Vi e gostei por tudo o resto menos o argumento.

    Sim, visualmente é espectacular. Sim, inicialmente tende a segurar-nos. Sim, é uma personagem e história com grande potencial. Problema: A meio, tal como disseste: tudo se torna previsível e mata um filme que podia ser excelente na sua área.

    Foi pena. Mesmo assim, acredito que qualquer pessoa que goste deste tipo de filmes vai passar um bom momento. Claro que, depois de tudo o que se diz do filme, não se pode esperar por um grande filme (como foi o watchmen por exemplo, a meu ver).

    Abraços,
    Cláudio Novais.

    Gostar

  2. ainda não vi porque achei também o filme desequilibrado, isto segundo as criticas que li. no entanto vou tentar ve-lo pela “medievialidade” da narrativa.

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s