Top 3 Alex Proyas

Alex Proyas nasceu no Egipto a 23 de Stembro de 1963 e é responsável por uma das melhores obras de Ficção Científica da década de 1990: Dark City.

Apesar de ter vindo gradualmente a enveredar pela onda mais comercial, Proyas é um realizador que (ainda) me agrada.

3) KNOWING

2) THE CROW

1) DARK CITY


Autor: Ricardo JM Vieira

Tenho a mania das artes e acho que o sentido de humor é das melhores coisas inventadas pela humanidade. Eu, pelo menos, gostava de ter.

10 thoughts on “Top 3 Alex Proyas”

  1. Para mim KNOWING é uma obra-prima. Um thriller sci-fi absurdamente funcional, perfeito. Não vi THE CROW, mas DARK CITY também tem lampejos de visionário. I, ROBOT é meio fraquinho, em comparação. Um cineasta que ainda nos renderá, espero, muitas boas obras.

    Gostar

    1. Eu também gostei bastante do Knowing (que respira Proyas do início ao fim), mas não o considero uma obra-prima. Apesar de tudo, Knowing tem das sequências apocalípticas mais marcantes de sempre, e o o avião a cair é sensacional!
      O The Crow é bastante diferente dos filmes do Proyas, pois não o acho um sci-fi, mas é um belíssimo filme com a (última) melhor performance do Brandon Lee de sempre.

      A 1º vez que vi Dark City fiquei estupefacto, pois achei-o de uma genialidade e criatividade enorme.

      Knowing e The Crow estão lado a lado em termos de apreciação.

      Gostar

  2. Pelo pouco que conheço do seu trabalho, tem uma visão muito particular do Sci-Fy. Não consigo é justificar os poucos filmes que fez, alguém sabe porquê?

    Gostar

  3. Tenho muita curiosidade para ver os dois primeiros lugares. Dos que vi (Knowing e I, Robot) não achei nada de especial.

    Abraço!

    Gostar

  4. O top é bom… aliás ele não faz maus filmes. Até o “I, robot” é um bom entretenimento (mas teria ganho mais com um actor menos vedeta e um tom mais dark).

    Nunca vi a director’s cut do magnifico filme “Dark City”. É boa a versão?

    Gostar

    1. Concordo! Também acho que ele não fez maus filmes. Mas já fez bem melhor que os últimos 2.

      Coloquei o poster dessa versão porque acho-o mais bonito que o da versão normal. Segundo pesquisas que efectuei, a Director’s Cut tem mais 10 minutos, com diferenças muito subtis.

      Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s