The Thing (1982)

The Thing ( Veio Do Outro Mundo), é um clássico do terror e da ficção-científica de 1982 realizado por John Carpenter. Para além disso, The Thing é um dos filmes mais assustadores e medonhos dos anos 80 e talvez a grande masterpiece de Carpenter.

A sinopse é a seguinte: na Antárctida um grupo de homens vê-se confrontado com um extraterrestre capaz de assumir a forma do ser-vivo em que toca. O pior é que esse extraterrestre, enterrado no gelo durante 100 000 anos, não é propriamente amigável. Inicia-se uma luta pela sobrevivência em que qualquer um pode ser a coisa.

Carpenter vinha de alguns sucessos comerciais lançados no grande ecrã, mas este filme foi o seu 1º fracasso. Mais tarde o realizador disse que foi um erro lançar o filme ao mesmo tempo que o famoso filme de Steven Spielberg, ET, The Extraterrestrial. No entanto, com o passar dos anos tornou-se num filme de culto, apreciado e elogiado.

E devo dizer, com justiça! The Thing é uma experiência verdadeiramente aterrorizante. Lembro-me perfeitamente que quando o vi pela 1º vez (teria eu 11 ou 12 anos), tive tantos pesadelos que só passados alguns anos ousei rever. A realização de Carpenter é extremamente gráfica e opressiva.

Os efeitos especiais, apesar dos 27 anos, são qualquer coisa de impressionante! Não há CGI nenhum, até porque nem poderia haver, e no entanto, temos cenas absolutamente horríveis. Tripas, sangue a litros, corpos deformados. Tudo feito e animado exemplarmente. E tudo muito gráfico! Excelente!

Carpenter filma tudo com bastante mestria e torna o filme numa paranóia constante. É que não saber quem é quem, e quem poderá estar infectado é outra das mais valias da fita. Depois temos um elenco competente, com Kurt Russel no principal papel. A banda sonora, apesar de algo discreta, é muito boa.

The Thing é obrigatório para os fãs do género! Um filme que o tempo deu o seu devido reconhecimento. Um dos melhores dos anos 80. Recomendado!

Realizador: John Carpenter/1982

De Positivo: Os efeitos especiais são brilhantes. A realização opressiva e o ambiente de suspeita.

De Negativo: Alguns momentos que não envelheceram bem.

Clark: I dunno what the hell’s in there, but it’s weird and pissed off, whatever it is.

9/10

 

Autor: Ricardo JM Vieira

Tenho a mania das artes e acho que o sentido de humor é das melhores coisas inventadas pela humanidade. Eu, pelo menos, gostava de ter.

7 thoughts on “The Thing (1982)”

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s