Edge of Darkness (2010)

Thomas Craven, um veterano da Brigada de Homicídios da Polícia de Boston, vê a sua filha ser assassinada á porta de sua casa. Mesmo á sua frente. Começa a investigação… Craven procura vingança.

Tinha algumas expectativas em relação a esta fita. Martin Campbell é autor de Casino Royale e tinha como grande estrela Mel Gibson. Eram, á partida, 2 boas razões para se esperar algo de bom. Em certa medida, essa expectativa foi superada, mas nunca de tal maneira que fique a considerar este filme um thriller diferente de tantos outros.

O início é bastante bom. Campbell dá a entender o amor entre pai e filha com pormenores subtis, e agarra logo a nossa atenção com aquela morte brutal inesperada. É lamentável que não tenha conseguido manter-nos sempre agarrados á medida que a fita se aproximava do fim. A narrativa, apesar de interessante, torna-se demasiado monótona em várias alturas. Tudo bem, que por vezes é aguçado o nosso apetite por mais, com cenas mais movimentadas – normalmente mortes bem violentas – ,mas não surgem na altura certa.

Mel Gibson, após uma ausência de alguns anos como actor, regressa em boa forma. A sua interpretação, primeiro de um homem desolado pela morte da filha, depois pela confusão e incredulidade perante a conspiração que vai descobrindo e, por fim, a de hum homem que não tem nada a perder, é assaz credível.

Não é o único destaque. Ray Winstone também nos dá um personagem (Jedburgh) muito interessante. Aliás, não me surpreende se preferirem Jedburgh a Thomas Craven. As suas palavras ácidas e misteriosas elevam a curiosidade do espectador e as suas acções no fim do filme, tornam-no num dos pontos positivos da fita. Apesar do pouco tempo de antena, Bojana Novakovic não compromete em nada.

Edge of Darkness é um thriller interessante, com boas personagens, mas monótono em várias ocasiões e que não traz nada de novo. É mais do mesmo. Um último destaque para a banda sonora que achei discreta, mas bem utilizada. Esperava um pouco mais, mas não saí completamente frustrado.

Realizador: Martin Campbell/2010

De Positivo: Mel Gibson e Ray Winstone. Diálogos interessantes. Algumas cenas surpreendentes.

De Negativo: Partes monótonas. Não traz nada de novo ao género.

Thomas Craven: Everything’s illegal in Massachusetts.

7/10

Autor: Ricardo JM Vieira

Tenho a mania das artes e acho que o sentido de humor é das melhores coisas inventadas pela humanidade. Eu, pelo menos, gostava de ter.

9 thoughts on “Edge of Darkness (2010)”

  1. Estou curioso por ver o filme muito pelo regresso do Mel Gibson à representação. Agora, Ricardo, devo-te dizer que o teu blog está cada vez melhor. Gostei da ideia de colocares os aspectos positivos e os negativos.

    Um abraço!

    Gostar

  2. Olá Ricardo,
    Pareceu-me interessante, gosto deste tipo de filmes, apesar de serem todos a mesma a coisa. É tipo as novelas: todas as mulheres vêm mesmo sabendo que a história vai acabar com a personagem X e Y a casarem-se. Mas gostos não se discutem, mesmo que estes sejam algo um pouco irracional.

    Bem, avante. Acho que devias começar a incluir, sempre que possível, o Youtube do trailer. É algo muito rápido de se incluir, mas algo muito enriquecedor para o artigo!

    Abraço,
    Cláudio Novais

    Gostar

    1. Ve-se bem o filme, Cláudio.

      Quanto ao trailer, tenho pensado muito nisso. Em principio irei incluir um link e não uma pre-visualização. Obrigado pela opinião!🙂

      Gostar

  3. Acho que este tipo de género já estagnou, e os profissionais envolvidos no filme não suficientes para lhe dar credibilidade.
    Eu gosto do Gibson mas prefiro-o noutro género de papeis.

    Abraço!

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s