Where The Wild Things Are (2009)

Realizador: Spike Jonze/2009

Não é fácil provocar emoções em nós da maneira que este filme de Spike Jonze provoca. Where The Wild Things Are é um regresso á infância, uma altura da nossa vida cheia de questões, dúvidas, receios, alegrias,etc. E é um regresso, por vezes extraordinário, de uma sensibilidade muito grande.

Com uma cinematografia bastante boa, banda sonora vibrante e uns monstros incrivelmente humanos a nível de expressões faciais, Jonze dá-nos algo de especial. E é especial, especialmente para os adultos, pois sabe bem lembrar o passado, sentir o que esquecemos. Não fosse uma sensação de arrastamento algumas (poucas) vezes, e teríamos um excelente filme. Assim, fica-se pelo muito bom.

8/10

Autor: Ricardo JM Vieira

Tenho a mania das artes e acho que o sentido de humor é das melhores coisas inventadas pela humanidade. Eu, pelo menos, gostava de ter.

4 thoughts on “Where The Wild Things Are (2009)”

  1. Where the Wild Things Are é provavelmente o filme familiar, mais genuíno, ingénuo e simples que tivemos oportunidade de ver. É uma viagem e tanto para nós adultos, um brilho nos olhos para as crianças. É sobretudo uma vontade incoerente de voltar a tal fase, encontrar um tal sítio de coisas selvagens, para depois voltar – ainda a tempo do jantar.

    http://splitscreen-blog.blogspot.com/

    Gostar

  2. É curiosa a recepção e opiniões a este filme. Alguns adoram-no, outros detestam-no, referindo até que nem perceberam o filme em si.

    Ainda não tive a chance de o ver, mas conto fazê-lo brevemente.

    Abraço😉

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s