Katie e Micah decidem-se mudar para um novo apartamento. Tudo parece correr bem, mas após Micah deixar a sua recente aquisição – uma câmara de filmar – a gravar durante a noite no quarto de ambos, as coisas começam a mudar. O casal apercebe-se que algo vagueia pela casa, principalmente enquanto dormem e, apesar de Micah ser muito céptico, a cada dia que passa a sinistra entidade torna-se cada vez mais ameaçadora.

Parnormal acivity é o mais recente filme sensação de baixo orçamento da temporada. Penso que após The Blair Witch Project, esta fita, foi a que mais vezes recebeu comentários do tipo: “o filme mais aterrador de sempre”, “não o vejas sozinho”, “irás ter pesadelos durante dias”. Ok. Eu adoro filmes de terror. E tinha altas expectativas para esta fita. Expectativas, essas, que não saíram totalmente defraudadas. Não obstante, Paranormal Activity tem os seus momentos, sim senhor, com o suspense, por vezes, a atingir níveis altíssimos. E tudo sem recorrer aos artíficios mais actuais, como sangue em quantidades industriais, sustos fáceis com sons repentinos,etc.

Os actores são bastante credíveis e a filmagem “á-lá-blair-witch”, dá-lhe aquele toque realista que concerteza levará muita boa gente, a ter medo. No entanto, nem tudo é um mar de rosas, pois o filme peca um bocado por ser muito vagaroso na maneira como tudo é contado. Outra das coisas que irrita um pouco, é o facto do casal permanecer sempre na casa, com tudo o que vai acontecendo.

Tenho que sublinhar bem sublinhado, que por vezes existem cenas extremamente boas que captam a nossa atenção! Cenas em que ficamos “What the fuck”, como a gloriosa cena final. Vale a pena ver… de preferência de noite e num cinema vazio… mhua, ah, ah, ah!

8/10

3 thoughts on “Paranormal Activity (2007)

  1. Olá Ricardo,

    Vejo que seguiste a minha recomendação. Eu gostei desse filme e creio que a crítica negativa que deste é meramente uma crítica de opinião e não de facto. Digo isto porque o facto de a câmara não viajar muito é normal pois isto é, na teoria, um filme gravado por um amador, o Micah.

    Quanto à tua introdução sobre a história do filme, não é bem assim, segundo me apercebi. Pelo que percebi do filme, ela já se queixava há muito tempo de algo paranormal, no entanto, o que lhe acontecia era à base do não físico e por isso o namorado dela não acreditava. E exactamente por este motivo ele resolveu filmar.

    Quanto ao ser assustador, creio que qualquer pessoa que se envolva no filme, ou seja, não o olhe como filme cinematográfico mas sim algo filmado por um amador, ficará assustado e certamente quando ouvir batida fortes irá lembrar-se do filme.

    Ao nível de assustador, na minha opinião está no top, para mim mais que o Blair witch, mas a par com o Ju-On.

    Abraço e continua assim!
    Cláudio Novais

    Gostar

    1. Olá, Cláudio!

      De facto tens razão quando comentas a minha introdução. Ela já se queixava há algum tempo de uma “presença”.

      As minhas observações mais negativas são relativamente ao ritmo como tudo é contado. Sim é suposto parecer um filme amador, mas penso que poderiam ter incluído mais cenas diferentes, e um ritmo um pouco mais acelerado. Não sei se me faço entender, mas… Falta-lhe algo.

      Nem me fales do Ju-On! Ainda o vi esta semana e aqueles barulhos são do mais medonho que há. Fogo!

      Abraço.

      Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s