Ultimamente tem-se assistido a uma avalanche de remakes de verdadeiros clássicos do terror. Este The Last House on the Left não é excepção, pois trata-se de uma “actualização” do filme de 1972, realizado por Wes Craven.

Que reacção teríamos nós, quando encaramos com alguém que sabemos ter feito muito mal a um ente querido? É esta aproximação feita ao público através do argumento que torna o filme muito interessante. Para além disso, temos uma violência muito gráfica (que ajuda a cimentar a vontade em vermos os rufias do filme serem mortos), bastante gore e cenas muito fortes, como por exemplo, uma cena sexual bastante perturbadora, que embora não se “veja tudo” consegue criar nos espectadores uma sensação de repugna bastante alta. Gostei da realização em geral e da interpretação dos actores, principalmente do jovem Spencer Clark que interpreta Justin, filho de Krug, o vilão de serviço.

The Last house on the Left é um filme de terror muito jeitoso, principalmente para quem ainda não viu o original. Temos muita violência, apesar de me querer parecer que a censura americana fez das suas senão ainda seria tudo mais explícito, a história é interessante e as personagens cativam. No entanto, acho que em determinados momentos peca por algum exagero, com o auge na cena final. É, no mínimo, discutível aquele final. Apesar de não ter estragado o filme, acho que foi claramente exagerado. Não me quer parecer que qualquer pessoa normal, acabasse por fazer aquilo propositadamente.

7/10

7 thoughts on “The Last House on the Left (2009)

  1. Ricardo, mesmo que esse remake seja até bem feito, como não vi o cult original do mestre Craven, acho melhor sacrificar a experiência de se surpreender com esse novo do que desprestigiar o original. Vou atrás do de Craven!

    Gostar

  2. Fui ver o filme sem mesmo saber que era um remake. Nem sabia do que tratava. Foi mesmo só porque gostei do poster. E tive uma boa surpresa. Eu no meu blog deixei um pouco mais de 3 estrelas como nota.
    Foi sem duvida um bom pedaço de tempo gasto para ver este filme.

    Gostar

    1. Olá!
      Eu li a tua crítica. Provavelmente, se tivesse outro sistema de classificação, daria como tu 3,5 estrelas, mas eu não incluo “meias” estrelas nas minhas classificações. E, como não acho que mereça 4 estrelas, levou 3.

      Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s