Twilight (2008)

Twilight conta a história de um amor impossível entre uma mortal e um imortal. Bella é uma jovem introspectiva, mas bastante segura de si mesma, que se muda para casa do seu pai. Confrontada com uma “nova vida”, Bella rapidamente se apaixona por um rapaz misterioso. A química entre os dois vai crescendo, mas o que Bella não sabe é que Edward Cullen esconde um segredo.

Em primeiro lugar devo dizer que não li nenhum livro de Stephenie Meyer. Sei que é um êxito estrondoso e pouco mais. Por isso não sei se foi bem adaptado, ou se cortaram grande parte da história. Sei, porque vi, que esta história no cinema não ficou uma coisa por aí além.

O melhor mesmo, da fita, é a química do casal. Kristen Stewart, interpretação muito boa, e Robert Pattinson conseguem passar a intensidade da sua relação e a força que os une. Aliás, as peripécias que eles atravessam são um dos pontos mais mostrados desta trama. Existem outros pormenores interessantes, como o facto de não existirem quaisquer cenários góticos ou tenebroso, como costuma ser apanágio de uma história de vampiros; O facto de Edward Cullen, quando exposto á luz solar, brilhar como diamantes em vez de arder, etc. São, de facto, pormenores curiosos, não necessariamente espectaculares ou de qualidade, mas diferentes. Por exemplo, Edward Cullen e a sua família são dos vampiros mais simpáticos e cordiais que há memória. E isso é estranho, uma vez que está inscrito na nossa cabeça que os vampiros são maus. Obviamente que existem vilões, e que a história não se cinge acenas no romance tipicamente adolescente de Bella e de Edward, com direito a frases do tipo “Então o lobo apaixonou-se pelo cordeiro”.

Sim, é o romance em que existem dúvidas (Edward é particularmente cheio delas, pois ora diz que se tem que afastar, mas no momento seguinte já está junto dela outra vez) e frases de amor como aquelas que mandamos em sms. No entanto, os vilões aqui, especialmente o “bad-boy”, são extremamente chungas. Para além de aparecer passados uns 80 minutos de filme, o vilão não transmite medo nenhum e começa a caçar Bella apenas porque estava no sítio errado há hora errada. Parece que foi incluído à pressa, como se os produtores se tivessem apercebido que não existia qualquer tipo de tensão no filme.

Em suma, posso dizer que Twilight não é um filme bom. Não consigo compreender a razão de tanto alarido em volta dele. É uma história batida de um amor típico entre adolescentes, com a diferença que existe um vampiro com super-poderes lá pelo meio. Fica-se pelo razoável, apenas porque até consegue ter algumas situações interessantes e curiosas.

5/10

Autor: Ricardo JM Vieira

Tenho a mania das artes e acho que o sentido de humor é das melhores coisas inventadas pela humanidade. Eu, pelo menos, gostava de ter.

4 thoughts on “Twilight (2008)”

  1. Muito sinceramente acho que o filme não está mal, mas essa parte do brilhozinho ao sol mete dó.
    As pessoas estavam à espera se calhar algo tipo Underworld, mas não tem nada a ver! O filme é agradável de se ver, apesar de realmente achar que algumas partes são desinteressantes que podiam ser substituídas por alguma acção.

    Gostar

  2. O filme é excruciante, uma tortura mental e física…
    Os livros são igualmente péssimos, xaropada para adolescentes virgens…
    Aliás, as referências à vontade que a protagonista tem de ser “iniciada” – ou seja, ser “mordida” e transformar-se em vampira – é cerceada pelo canastrão do vampiro que brilha ao sol que além de ser um vampiro vegetariano (sic) é um abstinente ou lá como se diz, já que é sempre ele quem controla e se recusa a ceder à melusina de trazer por casa que está com a passarinha aos saltos…
    Patético!

    Gostar

  3. Pois eu dei nota minima a esse filme, e depois tive que ler comentários de gente furiosa com a minha nota. A mim não me enganam mais…. eheh

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s