Encontros Mortais (parte II)

E se encontrasse um monstro/vilão do cinema na rua por volta da meia noite e com lua cheia? Que fazer? Fugir ou lutar? Fica aqui a segunda parte desses mesmos encontros que desejaria evitar a todo custo.

Michael Myers (1978)

Assassinou a irmã á facada aos 6 anos. É preciso dizer mais alguma coisa? Mesmo que tentasse fugir Michael Myers apanhar-me-ia só a passo, obviamente!

Ghostface (1996)

Adorei quando surgiu o primeiro filme da trilogia gritos. Achei o ghostface completamente original e demente. Não gostaria de vê-lo a correr desenfreadamente na minha direcção com a faca na mão e a tropeçar por tudo quanto é sítio, não.

Medeiros (2007)

Absolutamente terrorífica esta criança portuguesa. Alta, magríssima e com uma fúria incontrolável. Uma epidemia mortal seria culpa nossa. Afinal somos bons em alguma coisa!

Joker (2008)

Joker perguntar-me-ia se gostaria de saber como é que ele arranjou aquelas cicatrizes. Não importava a minha resposta porque iria saber á mesma… ou então sentir a lâmina á mesma! Why so serious?

T-Rex (1993)

Cinco toneladas de uma máquina assassina. Quais serias as minhas hipóteses de não terminar triturado pelas suas presas?

3 Comments

Deixe um Comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s