The Incredible Hulk (2008)

The Incredible Hulk

Neste novo começo, o cientista Bruce Banner (Edward Norton) procura desesperadamente uma cura para a radiação gama que envenenou as suas células e libertou uma fúria descontrolada dentro de si: O Hulk. Vivendo nas sombras – afastado da vida que teve e da mulher que ama, Betty Ross (Liv Tyler) – Banner luta para evitar a perseguição obsessiva da sua nemesis, o General Thunderbolt Ross (William Hurt), e da artilharia militar que procura capturá-lo e brutalmente explorar a sua força.

À medida que os três enfrentam os segredos que conduziram à criação do Hulk, são confrontados com um monstruoso e novo adversário conhecido como A Abominação (Tim Roth), cuja força destrutiva excede até a de Hulk. Caberá ao cientista Bruce Banner fazer a derradeira escolha: aceitar uma pacata vida como Bruce Banner ou descobrir o heroísmo na criatura que vive em si – O Incrível Hulk.

Hulk nunca me cativou muito e a razão de ter visto este filme foi só uma: Edward Norton. O actor, que aprecio imenso, deixou-me intrigado por fazer parte de um projecto como este. É sabido que Norton tem um papel activo nos filmes que participa e, ao que me parecia, este Incrível Hulk iria ser um filme de acção non-stop bem ao jeito de um blockbuster leve e não ao “jeito” do talentoso actor. Penso que o anterior filme de Ang Lee desagradou aos responsáveis da Marvel por ter recebido um tratamento muito filosófico e dramático, visto este filme ser completamente independente do já citado.

Esta nova aventura de Hulk foi, para mim, uma boa surpresa. A acção foi bem doseada com a carga dramática transmitida por Bruce Banner. Os efeitos especiais são muito bons, dando-nos um Hulk muito bem feito e, posteriormente, uma outra criatura. Existem por ali bons momentos de cinema tanto visualmente como musicalmente. Edward Norton dá-nos um Bruce Banner muito “real” e autêntico. Liv Tyler poderia estar melhorzinha, mas não desilude. Tim Roth e William Hurt são os vilões de serviço. Gostei bastante destes vilões. Se Ross assusta porque não olha a meios para conseguir capturar Hulk, Blonsky mostra uma evolução de personalidade bem feita até se tornar no grande adversário do “Verde”: a Abominação. As sequências de acção são espectaculares, dotadas de grandes efeitos especiais e um show de explosões e muita destrui

ção. A minha preferida é a cena no parque. Ouve-se inclusive a famosa frase “hulk smashes” seguida de um murro no chão dado pelo monstro verde. Isto deve ter levado ao delírio os fãs mais hardcore da personagem. A parte mais dramática está boa dentro dos parâmetros do fil me e penso que essa parte mais humana dá outro sentido á película. Assim este filme não se torna só num filme de acção, destruição e explosões.

Resumindo, o filme revelou-se para mim uma boa surpresa. Gostei da realização, das boas sequências de acção e de drama e, inclusive, alguns planos achei fantásticos. Para quem procura um filme na ordem do anterior de Ang Lee que tire o cavalinho da chuva. Este é mais leve, mais directo, mais ainda assim sai-se satisfeito com o produto final. O

Incrível Hulk de Louis Leterrier

trailer imdb

7/10

Autor: Ricardo JM Vieira

Tenho a mania das artes e acho que o sentido de humor é das melhores coisas inventadas pela humanidade. Eu, pelo menos, gostava de ter.

4 thoughts on “The Incredible Hulk (2008)”

  1. Por sacrilégio adormeci a ver o Hulk de Ang Lee. Vi uns 45 minutos, mas estava muito cansado do trabalho e nunca mais lhe peguei, vá-se lá saber porquê… A ver se o vejo um dia destes.

    Concordo: Ang Lee rocks!

    Gostar

  2. Não há hipóteses. Ninguém me porá a gostar deste filme. Quanto a mim, a fita de Ang Lee é muito boa e um verdadeiro exemplo em como fazer de Hulk um excelente filme de super-heróis, em certa medida, parecido com Dark Knight.

    Ang Lee rocksss :p

    Abraço

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s