The Dark Knight (2008)

Why So Serious

É o melhor filme do ano até agora. Sem mais rodeios fica a minha opinião acerca do filme. Muito se tem falado acerca da nova incursão de Batman por Gotham City, críticas positivas se têm multiplicado umas atrás das outras e, apesar de esta loucura poder ser algo exagerada, O Cavaleiro Das Trevas será a referência nos próximos filmes de super-heróis.

A Warner Bros. quer-nos fazer crer que estamos perante um Blockbuster de verão, mas The Dark Knight é mais do que isso. Muito mais! Blockbuster são filmes tipo Transformers, filmes onde se deixa o cérebro em casa e assiste-se a algo leve. O cavaleiro negro obriga-nos a utilizar não só o cérebro, como também o coração. A riqueza do argumento é pautada por excelentes monólogos e diálogos, boas reviravoltas e um crescente de sufoco, de espanto de admiração por tão portentoso ensaio sobre o bem e o mal. Sobre a ordem e o caos. A realização é primorosa para quem é fã de ambientes sombrios, para quem aprecia o Batman e toda a escuridão presente por exemplo nos Comic Books e é excelente para quem aprecia um filme sobre máfia, sobre corrupção, sobre ordem, sobre caos, sobre acção, sobre thriller, sobre drama, etc, etc. Existem momentos da acção em que temos a ocorrer simultaneamente 3 acções distintas e todas elas se entrosam de uma maneira tão profunda e tão elaborada, que não há como lhe ficar indiferente.

Christian Bale é O Batman e ponto final. E este Batman é o verdadeiro herói. Concordarão comigo quando virem pelo menos duas cenas no filme. Quando tem por optar em salvar uma de duas pessoas e no fim. Fica a certeza que ele realmente quer o melhor para a cidade e, que apesar dos seus demónios e do sentimento de culpa, no final não podemos deixar de sentir uma pequena admiração pelo seu carácter. O Joker é magnânimo. Um dos melhores vilões de sempre. Se, por um lado a culpa disso mesmo vem por parte da maravilhosa actuação de Heath Ledger, por outro se deve ao tratamento dado pelos irmãos Nolan na concepção do argumento. Ele é capaz de tudo. Ele é o caos e anarquia.

A banda sonora é maravilhosa. Nada menos se esperaria de Hans Zimmer e James Newton Howard.

Sem me querer alongar muito mais que o texto já vai muito longo, apenas concluo dizendo que para quem ainda está hesitante em ver o filme, estará concerteza a perder, não o melhor filme de sempre, nem uma obra de arte, mas o melhor filme do ano e o melhor filme de super-heróis já feito.

O Cavaleiro das Trevas de Christopher Nolan

9/10

Autor: Ricardo JM Vieira

Tenho a mania das artes e acho que o sentido de humor é das melhores coisas inventadas pela humanidade. Eu, pelo menos, gostava de ter.

17 thoughts on “The Dark Knight (2008)”

  1. O meu 9 é a fugir para o 10, mas ainda assim 9. É um grande filme, mas não sei porquê, não consigo atribuir nota 10. Acho que não merece a nota máxima, porque existem algumas falhas no meu entende. É uma opinião pessoal.
    Obrigado pelo comentário!

    Gostar

  2. Grande artigo Subsidal! Se eu já estava curioso e ansioso por ver o filme, mais curioso e ansioso fiquei…
    Estou com muito boas expectativas para este filme!

    Gostar

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s